Tools

You are here: Home » BRASIL » Denúncias de violência contra a mulher chegam a 73 mil
Quarta, 12 Dez 2018

Denúncias de violência contra a mulher chegam a 73 mil


Criada em 8 de março de 2015 para acompanhar as mulheres vítimas de violência doméstica, a Ronda Maria da Penha na Bahia já atendeu 2.389 mulheres e prendeu 134 homens. Analisando os 12 anos da Lei Maria da Penha, celebrado nessa terça-feira (7), a major Denice Santiago, criadora da operação do Estado, comemora os avanços, mas defende que ainda há muito que precisa ser feito.

"Da mesma forma que temos que celebrar, porque a lei possibilitou a visibilidade desse tipo de violência, a gente tem que entender que essa ainda é uma lei muito recente, que vai tratar de um crime que é cultural, que está normalizado nas nossas relações. Então vai precisar ainda de mais tempo, empenho, atuação em rede, atividade para que consiga ser atendida na sua plenitude", disse.

Os dados nacionais assustam. Segundo o Instituto Maria da Penha (IMP), a cada 2 segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal no Brasil. Até as 18h51 desta terça-feira (7), de acordo com os dados da entidade, 34 mil mulheres haviam sido agredidas. No Nordeste, 3 em cada 10 mulheres já sofreram violência doméstica.

Na maioria das vezes é difícil perceber que se está em um relacionamento abusivo. Às vezes até para o agressor. Para ajudar a identificar a violência doméstica, a comandante da Ronda Maria da Penha faz um alerta: "Mulheres, prestem atenção no corpo".

"A mulher precisa estar atenta a essas violências cotidianas que nós estamos suscetíveis, que às vezes vêm mascarada de cuidado, carinho e amor. Mas, ao final, é uma violência doméstica, é um controle. Um exemplo que eu sempre passo é para elas prestarem atenção no corpo delas. Se quando receberam uma ligação ou mensagem do seu companheiro, a sensação não for de felicidade, mas de um frio na barriga, de angústia - e se tiver que mentir onde está, com quem está e o que está fazendo -, ela está vivendo um relacionamento abusivo", explica.

Após identificar, se o diálogo não resolver, a vítima pode entrar em contato com a Central de Atendimento à Mulher, através do número 180. "Identificou? Converse com seu companheiro, explique que aquilo não está fazendo bem, para tentar uma solução. Se essa solução não for possível, ou caso essa violência já esteja instalada, o ideal é que ela denuncie. Temos casa de passagem e abrigo com endereço sigiloso que podem e devem ser utilizados pelas mulheres que se encontrarem em situações de não ter para onde ir", detalha a major Denice Santiago.

Avanços

Entre as principais medidas para avançar na redução de violência doméstica, de acordo com a criadora da Ronda Maria da Penha na Bahia, é trabalhar a cultura do machismo.

"Nós precisamos trabalhar mais com os homens. Ainda que seja uma lei plena, completa, que pensou na ressocialização do agressor, que pensou em diversas nuances desse crime, a teimosia masculina ainda faz com que mais mulheres sejam vítimas dessa violência. Acredito que a gente precisa trabalhar mais na educação, nessa ressignificação cultural, de homens em específico, mas de mulheres também, sobre relacionamentos abusivos", afirma.

Para celebrar a data, foi realizada nesta terça-feira, no Centro de Operações e Inteligência (COI) da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, o workshop "Nivelamento de Ações no Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher: Fortalecendo a Rede". Estiveram presentes representantes de 16 cidades baianas.

"Nossa operação, nossa atuação hoje é muito precisa, mais divulgada nacionalmente. Viramos uma tropa de referência", declara major Denice.

A PM-BA foi a única no Brasil a ser premiado no Fórum Brasileiro de Segurança Pública devido às práticas inovadoras no enfrentamento da violência contra a mulher.

Tribuna da Bahia, Salvador/Foto: Reprodução.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

MATÉRIAS EM VÍDEOS REPORTERBAHIA.COM

Vídeos produzidos pelo REPORTERBAHIA.COM - A NOTÍCIA COM RESPONSABILIDADE.

Matéria Especial RepórterBahia.Com

Planos de Witzel de usar drone que faz disparos em ações policiais no Rio são criticados por especialistas

Com pautas semelhantes às do presidente eleito Jair Bolsonaro para o combate à violência, que contemplam, por exemplo, o princípio de “excludente de ilicitude” para as ações de policiais em confronto, o governador eleito Wilson Witzel planeja viajar para Israel, no ano que vem, para buscar tecnologias para uso na área de segurança. Ele deve ir acompanhado do deputado estadual, que se elegeu para o Senado, Flávio Bolsonaro (PSL), filho do presidente eleito, de acordo com informação da coluna de Berenice Seara, do EXTRA. Os dois se encontraram e discutiram, entre outros recursos técnicos, o uso de drones que levam armas acopladas. Esta semana, Witzel já havia defendido o abate de criminosos com fuzis, que foi criticado por especialistas e pelo atual ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. O futuro ministro da Defesa, general Augusto Heleno, no entanto, apoiou a ideia, adotada, segundo ele, no Haiti.

Clique na foto e confira matéria completa.

Bandeira de Capim Grosso

Repórter Bahia, a notícia com responsabilidade!

Nessa nova fase vamos nos dedicar ainda mais e da melhor forma possível somar na sua vida com informações de todas as áreas da vida, mas pautada na ética, na verdade, no compromisso com Deus, com a vida e com as pessoas.

A todos que nos acompanham através do rádio e da internet mais uma vez o nosso muito obrigado pela amizade e confiança, obrigado por tudo e que nessa nova fase da nossa vida profissional possamos nos aproximar ainda mais e juntos construirmos um jornalismo forte, independente, um jornalismo pra fazer a diferença.

REPÓRTER BAHIA.COM, a nova marca do jornalismo da nossa Bahia, está no ar. Sejam todos bem vindos!

O que aconteceu com o Blog do Arnaldo Silva?

Gostaria de informar ainda que estamos através de Valter Oliveira que é o nosso grande parceiro administrativamente trabalhando para restaurar o blog que será utilizado nessa nova fase do nosso trabalho como link de acesso a nova marca do jornalismo da Bahia, REPÓRTERBAHIA, no ar desde essa quarta-feira, 21 de Dezembro de 2016.
Entendo que mudanças como essas vão precisar de tempo para alcançar o mesmo patamar de acessos e assiduidade dos nossos leitores, mas não estamos sozinhos, temos Deus nos comando e a parceria de muitos amigos e leitores conquistados nesses sete anos de blog, nesses sete anos de muito trabalho e dedicação ao jornalismo, a nossa grande paixão na comunicação.

http://www.seo.mavi1.org http://www.mavi1.org http://www.siyamiozkan.com.tr http://www.mavideniz1.org http://www.mavideniz.gen.tr http://www.17search17.com http://www.siyamiozkan.com http://www.vergi.gen.tr http://www.prsorgu.org http://www.seoisko.net http://www.seoisko.org http://www.ukashhizmet.com http://www.ukashmavi.com http://www.sirabulucu.net http://www.kanuntr.com http://www.kanuntr.org http://www.kanuntr.net http://www.kananlartr.com http://www.kananlartr.org http://www.kananlartr.net http://www.haberbul.org http://www.iskoseo.com http://www.iskoseo.net http://www.iskoseo.org http://www.siyamiozkan.net