Tools

You are here: Home » NOTÍCIAS » CAPIM GROSSO » Moradora do Povoado do Peixe, mãe de quatro filhos, tem como sonho encontrar sua matriarca
Sábado, 22 Set 2018

Moradora do Povoado do Peixe, mãe de quatro filhos, tem como sonho encontrar sua matriarca


A senhora Maria Aparecida da Silva, 48 anos, moradora da Rua do Campo, no Povoado do Peixe, contou na noite desta sexta-feira, 21 de junho, ao REPORTERBAHIA, que tem um sonho de conhecer sua mãe.

Natural de Fortaleza no Ceará, dona Maria Aparecida, mãe de quatro filhos, vive um drama desde que nasceu de não ter tido a oportunidade e o privilégio de conhecer e conviver com a sua mãe. Segundo o que conta, sua mãe que seria Maria Otacília a entregou juntamente com o irmão Marcos Antônio, 44 anos, que reside no Rio de Janeiro, ao senhor Francisco da Silva, pai de dona Maria Aparecida, em um Restaurante chamado na carta escrita por Raimunda, tia de dona Maria Aparecida, de Bem Benzinho, local onde aconteceu a entrega das crianças por sua mãe. A carta escrita por sua tia sem data, não descreve o dia, nem tão pouco o ano que teria acontecido a entrega das crianças.

A carta relata ainda em outro trecho que seu pai Francisco Cosme da Silva, saudosa memória, chegou a prometer a dona Maria Aparecida que um dia contaria sobre sua mãe. De tanto protelar, a promessa não foi cumprida devido a sua morte. Seu Francisco chegou a trabalhar como cozinheiro em um Restaurante no Mercado Pão de Açúcar, na Praia de Iracema, em Fortaleza, com residência na Rua Américo Vespúcio, 797, Serrinha.

A carta não traz datas ou outras referências que possam contribuir para dona Maria Aparecida viver a esperança de encontrar a sua mãe ou os caminhos que a mesma percorreu. A idade quando ela deixou as crianças, por que deixou, para onde foi, com quem morou, se teve mais filhos, perguntas que tomam conta todos os dias da cabeça de dona Maria Aparecida, mulher simples, fala tranquila, comunicativa, mas que por mais que sua vida tenha dado certo, na sua trajetória falta ainda sua mãe.

Criada pela avó, mãe de seu Pai Francisco, dona Maria Aparecida foi morar no Rio de Janeiro aos 16 anos, ficando na cidade maravilhosa por 23 anos, onde casou e teve seus filhos. Do Rio de Janeiro, dona Maria veio morar no Povoado do Peixe, onde reside há mais de 10 anos, mas sempre com algo a mais no coração, o sonho de encontrar sua mãe ou até mesmo saber de fato da sua vida, o que aconteceu para ela ir embora; enfim, ter o direito de fato de incorporar essa parte da sua vida que por conta de uma decisão de deixá-la juntamente com seu irmão, a vida ficou mais carrancuda, sem brilho, sem o afago, sem o carinho, o amor e a proteção do ser mais iluminado da terra: MÂE.

“Eu deixei Fortaleza aos 16 anos de idade, quando fui para o Rio de Janeiro. No meu registro consta apenas o nome de meu Pai Francisco da Silva, sem o Cosme, já que ele tem um irmão gêmeo e nesse caso seria Francisco Cosme da Silva. Meu pai era Cosme e meu tio é Damião, com residência até os dias atuais na cidade de Fortaleza”, contou dona Maria Aparecida.

Outra informação passada por dona Maria Aparecida é que segundo relatos da carta escrita por sua tia Raimunda, a sua mãe que seria Maria Otacília morou na Granja Portugal, na Rua Sete de Setembro, Parambu, Fortaleza. “De referência mesmo sobre toda essa história eu tenho apenas o meu registro e essa carta, nada mais”, contou.

Além do vazio no coração de não ter tido a oportunidade de conhecer a mãe, tê-la como amiga, protetora, como sua referência de vida, já que perdeu o pai ainda na adolescência, dona Maria Aparecida vive mais um drama: Seus documentos não têm validade para abertura de uma conta bancária, para a aquisição de um cartão do SUS, dentre muitas outras situações que vem deixando-a ainda mais triste e preocupada com seu futuro em relação a uma aposentadoria, sua saúde, sua vida, marcada por todos esses anos pela ausência da mãe.

Informações sobre essa história favor manter contato pelos telefones: 74 – 99911-7252 (falar com Jaqueline, filha de dona Maria Aparecida ou ainda pelo 74 – 99148-8133 (falar com Ronaldinho, amigo de dona Maria e também morador do Povoado do Peixe. (Ambos os números são também WhatsApp.


Texto, foto e vídeo: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA – com colaboração da professora Celita.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

MATÉRIAS EM VÍDEOS REPORTERBAHIA.COM

Vídeos: Justiça Eleitoral, com reprodução do TSE - Tribunal Superior Eleitoral.

Bandeira de Capim Grosso

Matéria Especial RepórterBahia.Com

Justiça Eleitoral será 'irredutível' na aplicação da Ficha Limpa, diz Fux ao assumir TSE

O novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, afirmou nesta terça-feira (6) que a Justiça Eleitoral será "irredutível" com a aplicação da Lei da Ficha Limpa no pleito deste ano.

Um dos principais defensores da aplicação rígida da lei, Fux deu a declaração durante a cerimônia de posse, em Brasília.

"A estrita observância da Lei da Ficha Limpa se apresenta como pilar fundante da atuação do TSE. A Justiça Eleitoral, como mediadora do processo sadio, será irredutível na aplicação da Ficha Limpa", disse o ministro, acrescentando que quem for "ficha suja" estará "fora do jogo democrático".

Clique na foto e confira matéria completa.

Repórter Bahia, a notícia com responsabilidade!

Nessa nova fase vamos nos dedicar ainda mais e da melhor forma possível somar na sua vida com informações de todas as áreas da vida, mas pautada na ética, na verdade, no compromisso com Deus, com a vida e com as pessoas.

A todos que nos acompanham através do rádio e da internet mais uma vez o nosso muito obrigado pela amizade e confiança, obrigado por tudo e que nessa nova fase da nossa vida profissional possamos nos aproximar ainda mais e juntos construirmos um jornalismo forte, independente, um jornalismo pra fazer a diferença.

REPÓRTER BAHIA.COM, a nova marca do jornalismo da nossa Bahia, está no ar. Sejam todos bem vindos!

O que aconteceu com o Blog do Arnaldo Silva?

Gostaria de informar ainda que estamos através de Valter Oliveira que é o nosso grande parceiro administrativamente trabalhando para restaurar o blog que será utilizado nessa nova fase do nosso trabalho como link de acesso a nova marca do jornalismo da Bahia, REPÓRTERBAHIA, no ar desde essa quarta-feira, 21 de Dezembro de 2016.
Entendo que mudanças como essas vão precisar de tempo para alcançar o mesmo patamar de acessos e assiduidade dos nossos leitores, mas não estamos sozinhos, temos Deus nos comando e a parceria de muitos amigos e leitores conquistados nesses sete anos de blog, nesses sete anos de muito trabalho e dedicação ao jornalismo, a nossa grande paixão na comunicação.

http://www.seo.mavi1.org http://www.mavi1.org http://www.siyamiozkan.com.tr http://www.mavideniz1.org http://www.mavideniz.gen.tr http://www.17search17.com http://www.siyamiozkan.com http://www.vergi.gen.tr http://www.prsorgu.org http://www.seoisko.net http://www.seoisko.org http://www.ukashhizmet.com http://www.ukashmavi.com http://www.sirabulucu.net http://www.kanuntr.com http://www.kanuntr.org http://www.kanuntr.net http://www.kananlartr.com http://www.kananlartr.org http://www.kananlartr.net http://www.haberbul.org http://www.iskoseo.com http://www.iskoseo.net http://www.iskoseo.org http://www.siyamiozkan.net