Tools

You are here: Home » MUNDO » Atirador da Flórida visitou McDonald's e Subway após matar 17 em escola
Terça, 21 Mai 2019

Atirador da Flórida visitou McDonald's e Subway após matar 17 em escola


O jovem que matou 17 pessoas numa escola da Flórida na quarta-feira percorreu um caminho inusitado após ter realizado o massacre. Segundo a polícia, ele conseguiu fugir da cena do ataque no meio da multidão de alunos desesperados e, em seguida, visitou dois restaurantes de fast food, McDonald's e Subway, além de uma loja do Walmart. O ex-aluno da instituição Marjory Stoneman Douglas, atingida pela tragédia, foi preso mais de uma hora após o crime.

— O suspeito atravessou alguns campos e correu na direção oeste, junto com outros que estavam fugindo e tentou se misturar com o grupo que estava correndo pelas suas vidas — disse o xerife do condado de Browar, Scott Israel, a jornalistas.

Investigadores indicam que Cruz disparou o alarme de incêndio da escola para fazer com que mais pessoas abandonassem as salas de aulas para, então, conseguir atingir mais vítimas. O jovem foi identificado através de vídeos de segurança na escola, e encontrado em um bairro próximo à escola, Coral Springs. Ele não resistiu à prisão, e foi inicialmente levado a um hospital próximo para uma verificação. Agora, já está sob os olhos dos agentes de segurança novamente para interrogatórios.

O atirador foi indiciado por 17 acusações de assassinato premeditado, informaram nesta quinta-feira autoridades da investigação sobre o crime, de acordo com o jornal "The New York Times". Segundo a CNN, o atirador está cooperando com as autoridades. O FBI já tinha sido alertado sobre Cruz, quando um usuário do Youtube denunciou um comentário do ano passado no site feito pelo jovem. Na publicação, ele dizia seria um "atirador de escola" profissional. Agora, a polícia federal americana revisa a sua conduta sobre o caso., alegando que não conseguiu identificar quem era o autor da mensagem.

A mídia americana o descreveu como um "menino difícil", um estudante "alternativo". Ele também seria integrantes de grupos pró-armas nas redes sociais e teria participado de debates na internet sobre fabricação de bombas. Um apresentador da Fox News divulgou uma imagem do suposto atirador, mas ainda não há confirmação por parte das autoridades:

— Fomos avisados no ano passado que ele não foi permitido no campus com uma mochila — disse o professor de matématica Jim Gard, que informou que Cruz foi seu aluno em 2017, ao jornal "The Miami Herald". — Houve problemas com ele no ano passado, ameaçando alunos, e acho que lhe foi pedido que deixasse o campus.

Cruz era membro do grupo supremacista branco República da Flórida e participou de treinamentos paramilitares, segundo o líder da mesma organização, Jordan Jereb. A polícia investiga se esta informação é verdadeira. Segundo Jereb, que diz que que não conhecia o atirador pessoalmente, o atirador tinha "problemas com uma garota" e, por isso, o ataque justamente no Dia de São Valentim (O Dia dos Namorados nos EUA) pode não ter sido uma coincidência.

— Ele agiu por sua própria conta e é o único responsável pelo que fez — disse Jereb à Associated Press.

Ao "DailyBeast", o líder sugeriu ainda que a presença de alunos judeus poderia ter relação com o massacre:

— Não sei exatamente no que ele acredita. Sei que ele sabia bem que estava se unindo a uma organização separatista paramilitar protofascista — disse à publicação. — Havia muitos judeus nessa escola, que podiam estar se metendo com ele.

O grupo diz, na sua página da internet, que é uma organização que tem uma milícia armada: "Nem todos são obrigados a seguir treinamento paramilitar. Mas todos são incentivados a se armar".

COMENTÁRIOS PERTURBADORES

De acordo com Israel, o perfil do jovem em redes sociais indica conteúdos "muito, muito perturbadores", com uma ampla variedade de publicações relacionadas a armas e violência em vários sites. Foram encontrados comentários em vídeos do Youtube nos quais diz: "Quero atirar em pessoas com minha AR-15", "Quero morrer lutando, matando toneladas de pessoas" e "Vou matar agentes da lei um dia, eles vão atrás das pessoas boas", informou a CNN.

— Começamos a dissecar seus sites e as redes sociais em que estava, e algumas das coisas que vieram à tona são muito, muito perturbadoras — contou Israel.

Um aluno contou à Reuters que Cruz era "louco por armas". Chad Williams, de 18 anos, disse que o atirador tinha costume de disparar o alarme de incêndio repentinamente antes de ser expulso:

— Ele era meio abandonado. Não tinha muitos amigos — contou.

Já o aluno Matthew Walker disse à rede ABC News que Cruz tem o hábito de compartilhar imagens de armas nas redes sociais:

— Tudo que ele pública é sobre armas. É doentio — disse.

Brandon Minoff, aluno do 3º ano, contou à CNN que participou de um projeto de grupo com Cruz. Ele o descreve como reservado, mas quando tinha a oportunidade, gostava de se manifestar:

— Ele sempre se mostrou muito quieto e estranho. Mas quando tive que trabalhar com ele, ele começou a falar comigo — contou. — Ele me disse que foi expulso de duas escolas particulares, e foi retido duas vezes. Tinha interesse em entrar para o Exército e gostava da caça.

ADOTADO, MÃE MORREU EM 2017

Jim Lewis, procurador de Fort Lauderdale que representa Cruz disse que ele estava morando com a família de um amigo que frequenta a mesma escola desde novembro passado, quando a mãe, Lynda Cruz, morreu de pneumonia. Uma prima distante de Cruz, Kathie Blaine, contou à CNN que ele foi adotado por Lynda e pelo pai, que já havia morrido há alguns anos. Lewis disse que a família que o recebeu está cooperando com a investigação e permitiu que as autoridades realizassem buscas na residência onde vivem.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

MATÉRIAS EM VÍDEOS REPORTERBAHIA.COM

Ministro nega cortes em universidades e diz que educação básica é prioridade O ministro da Educação, Abraham Weintraub, negou a existência de cortes em recursos das universidades, disse que o foco do governo Bolsonaro está nas creches e no ensino básico e entrou em embates com parlamentares da oposição. Ele foi convocado a falar no Plenário da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (15) para a explicar os contingenciamentos orçamentários nas universidades. A sessão coincidiu com protestos, ocorridos em todos os estados e no Distrito Federal, contrários à diminuição de verbas na educação. Weintraub explicou que o ministério está cumprindo determinações orçamentárias ao contingenciar os recursos. Afirmou ainda que o orçamento da pasta pode ser reforçado por eventuais montantes repatriados de desvios na Petrobras. “Estamos cumprindo a lei. O ministro da Economia, Paulo Guedes, que esteve aqui várias vezes, já explicou que somos obrigados pela Lei de Responsabilidade Fiscal a contingenciar toda vez que a receita não corresponde ao que foi orçado, no ano anterior, pelo Congresso Nacional”, declarou o ministro. Reportagem - Carol Siqueira e Eduardo Piovesan Edição - Marcelo Oliveira/Vídeo: Câmara dos Deputados. Política de Prevenção da Automutilação e Suicídio aguarda sanção presidencial A proposta (PL 1902/2019) que cria a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio foi aprovada pelo Congresso Nacional em 3 de abril. Projeto prevê a notificação obrigatória por escolas, por exemplo, de todos os casos às autoridades sanitárias e aos conselhos tutelares. Se promulgada sem alterações, a proposta será colocada em prática pela União em cooperação com os estados, o Distrito Federal e os municípios. Veja mais na reportagem da TV Senado. Fonte: Agência Senado/Vídeo: TV Senado. Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência - Versão completa em Libras Libras é a sigla para a língua brasileira de sinais, composta de um extenso e complexo repertório de gestos. Em 2002, a Lei 10.436 deu à Libras o status de meio legal de comunicação e expressão. Desde então, escolas, faculdades, repartições do governo e empresas concessionárias de serviços públicos estão obrigadas a providenciar intérpretes para atender aos surdos. A lei faz aniversário em 24 de abril, Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais. Ricardo Westin, da Agência Senado Colaborou: Ana Luísa Araújo Publicado em 25/4/2019 TV Senado - Publicado em 20 de mar de 2019. Senado pode banir sacolas plásticas, canudos e microplástico Alguns estados já proibiram a oferta e uso de objetos plásticos, como sacolas e canudos, mas o Senado estuda aprovar uma lei federal impedindo a fabricação de materiais feitos à base de microplástico — muito usado também pelas indústrias de cosméticos e higiene pessoal. Esse é o conteúdo do PLS 263/2018, que teve origem em uma sugestão legislativa de um cidadão apresentada por meio do Portal e-Cidadania. TV Senado - Publicado em 30 de abril de 2019.

Matéria Especial RepórterBahia.Com

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais atualizou para 169 o número de mortes em decorrência do rompimento de uma barragem da mineradora Vale em Brumadinho. Mais cedo, a corporação informou que dois corpos foram retirados da lama de rejeitos nos últimos dois dias. Fragmentos de corpos também foram localizados pelas equipes nas últimas horas.

Fonte: Agência Brasil.

www.deolhonoradio.com.br (clique na foto)

Repórter Bahia, a notícia com responsabilidade!

Nessa nova fase vamos nos dedicar ainda mais e da melhor forma possível somar na sua vida com informações de todas as áreas da vida, mas pautada na ética, na verdade, no compromisso com Deus, com a vida e com as pessoas.

A todos que nos acompanham através do rádio e da internet mais uma vez o nosso muito obrigado pela amizade e confiança, obrigado por tudo e que nessa nova fase da nossa vida profissional possamos nos aproximar ainda mais e juntos construirmos um jornalismo forte, independente, um jornalismo pra fazer a diferença.

REPÓRTER BAHIA.COM, a nova marca do jornalismo da nossa Bahia, está no ar. Sejam todos bem vindos!

O que aconteceu com o Blog do Arnaldo Silva?

Gostaria de informar ainda que estamos através de Valter Oliveira que é o nosso grande parceiro administrativamente trabalhando para restaurar o blog que será utilizado nessa nova fase do nosso trabalho como link de acesso a nova marca do jornalismo da Bahia, REPÓRTERBAHIA, no ar desde essa quarta-feira, 21 de Dezembro de 2016.
Entendo que mudanças como essas vão precisar de tempo para alcançar o mesmo patamar de acessos e assiduidade dos nossos leitores, mas não estamos sozinhos, temos Deus nos comando e a parceria de muitos amigos e leitores conquistados nesses sete anos de blog, nesses sete anos de muito trabalho e dedicação ao jornalismo, a nossa grande paixão na comunicação.


http://www.seo.mavi1.org http://www.mavi1.org http://www.siyamiozkan.com.tr http://www.mavideniz1.org http://www.mavideniz.gen.tr http://www.17search17.com http://www.siyamiozkan.com http://www.vergi.gen.tr http://www.prsorgu.org http://www.seoisko.net http://www.seoisko.org http://www.ukashhizmet.com http://www.ukashmavi.com http://www.sirabulucu.net http://www.kanuntr.com http://www.kanuntr.org http://www.kanuntr.net http://www.kananlartr.com http://www.kananlartr.org http://www.kananlartr.net http://www.haberbul.org http://www.iskoseo.com http://www.iskoseo.net http://www.iskoseo.org http://www.siyamiozkan.net