Tools

You are here: Home » NOTÍCIAS » REGIONAIS » Sinal vermelho para as finanças de São José do Jacuípe. Débito da Caixa de Previdência chega a R$ 10 milhões de reais
Segunda, 26 Ago 2019

 

Sinal vermelho para as finanças de São José do Jacuípe. Débito da Caixa de Previdência chega a R$ 10 milhões de reais


O município de São José do Jacuípe, com sua emancipação em 13 de junho de 1989, registrou em sua história de cidade, eleições disputadíssimas, com resultados inesperados, vitórias que engrandeceram a luta de um povo, mas como na vida nem tudo são flores, São José do Jacuípe, de 10.784 pessoas, dados de 2017, passou por um momento de extrema deficiência social, com registro na imprensa da Bahia, como sendo um dos municípios mais pobres da Bahia, dentre outras lutas e desafios que marcaram certamente a trajetória política de um povo, representado por lideranças consolidadas mediante processo eleitoral: Badeto, Tino, duas vezes prefeito, Daniel, duas vezes prefeito, Almeida, Verinha e agora Erismar de Amadinho.

Quem tem São José do Jacuípe como sua terra natal não troca por nenhum outro pedaço de chão do gigante chamado Brasil. “O jeito de lugar pacato é o que faz deste lugar uma referência nas nossas vidas”, disse um morador ao REPORTERBAHIA.COM

O município que tem barragem em seu território, rio, terras férteis, povo trabalhador, não pode esperar por outra coisa a não ser por mais conquistas para incorporar a vida simples dos jacuipenses, que dá olaria, fonte de renda de muitas famílias, das muitas plantações às margens da barragem, das muitas pescarias, dentre outros momentos que faz de São José do Jacuípe, uma fonte de energia para toda a região. O morador da cidade de Avenida extensa evoluiu com o mundo digitalizado e vive agora com o mundo na palma da mão, o rádio que falava de longe, agora fala de perto, então o que falta mesmo nesse pedaço de chão? A quem responda com altivez e determinação... “um governo diferente que vise o bem-estar do povo”. Mas, e Badeto que abriu a história de realizações do município? Laurentino Romão da Silva, o popular Tino, prefeito duas vezes de São José do Jacuípe? Daniel, vereador e prefeito também em duas oportunidades? Almeida, Verinha, a primeira mulher prefeita da história do município e agora Erismar? Não foram suficientes para construir a história que o povo tanto sonhou? Você pode responder. Eles construíram uma história, mas verdadeiramente não foi a história que o povo escreveu nas tábuas do seu coração. O povo queria mesmo era mais atenção, confiança, participação, não apenas obras de cimento, tijolo e ferro, o povo queria mesmo era mais atenção.

Por falar em atenção, preste bem atenção para o relato que será apresentado agora para você leitor do nosso portal, tendo como referência a audiência pública realizada na sexta-feira, 24 de janeiro, na Câmara Municipal de Vereadores, de iniciativa do Poder Executivo, na pessoa do prefeito Erismar de Amadinho, com registro ainda para as presenças do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Gerson Guimarães, vereadores da oposição e situação, membros da administração municipal, servidores públicos, populares e imprensa local e regional.

Na pauta do encontro, a vida financeira do município, com ênfase ainda na Educação e Caixa de Previdência.

São José do Jacuípe, ao longo da sua história de quase 29 anos, registra em seus anais administrativos 511 servidores efetivos, para uma folha de pagamento de R$ 1.087.838.50 (Um milhão, oitenta e sete mil, oitocentos e trinta e oito mil e cinquenta centavos). Na Educação, a folha de pagamento com dados de novembro de 2017, registrou gastos na ordem de R$ 584.776,22 (Quinhentos e oitenta e quatro mil, setecentos e setenta e seis reais e vinte e dois centavos), para um índice de 63%, diferença acima do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal de 9%, situação que responsabiliza o gestor e suas respectivas contas perante o Tribunal de Contas dos Municípios.

A conta apresentada no telão da Câmara de Vereadores contabiliza ainda 94 pessoas nomeadas pela gestão do prefeito Erismar. Em 2017, de acordo com Jucival, o popular Toca, Secretário da Administração Geral, foram exonerados em média 30 pessoas, passando de 120 pessoas contratadas pela gestão em apenas um ano de governo.

O município que recebem por ano R$ 22 milhões de reais, com receita média mensal de 1,5 milhão de reais, trouxe em seu relatório que o sinal vermelho em forma de alerta está acesso e bastante acesso. Nessa contabilidade ainda é possível relatar a situação da Caixa de Previdência, com débito na ordem de R$ 10 milhões de reais, para uma receita de 170 mil reais e uma despesa já ultrapassando a receita. Para enrolar ainda mais o meio de campo, a gestão do prefeito Erismar anunciou que está devendo a Caixa R$ 198.605,77 (Cento e noventa e oito mil, seiscentos e cinco mil e setenta e sete centavos). Nessa conta entra ainda o repassado pela gestão. R$ 1.951.388,91 (Um milhão, novecentos e cinquenta e um mil, trezentos e oitenta e oito reais e noventa e um centavos). Para os servidores que o REPORTERBAHIA.COM teve a oportunidade de conversar, a Caixa de Previdência de São José do Jacuípe é hoje uma bomba relógio, prestes a explodir a qualquer momento.

Informações ainda de uma gestão de muitos gastos, o que na opinião de pessoas que estiveram na audiência é mais um problema e dos grandes do município que lutou pela sua emancipação política na certeza de que o povo e seus governantes seriam autossuficientes para mudar a história, mas a história que está sendo contada pelo povo de São José do Jacuípe é de um futuro de incertezas, sem arco-íris no céu para ser contemplado, apenas nuvens escuras carregas de raios e trovões e os estrondos dessa tempestade sem chuva estão nas contas públicas de audiência que fez todo mundo balançar a cabeça e olhar para a pessoa que estava ao seu lado e dizer: “A situação é feia, viu”! Feia de ver, feia de contar, feia de viver.

Agora qual o caminho a seguir para mudar essa história de pesadelos? Convocando o povo para a batalha, caso contrário teremos mais uma gestão agindo por si só e fazendo de conta que está atendendo aos anseios de um povo que sorriu, gritou, pulou, festejou no grito de liberdade há quase 29 anos atrás, hoje o semblante é de preocupação, incertezas. Será que conseguiremos mudar de novo a nossa história? Pergunta o povo.

Com a palavra para essa e outras incertezas e questionamentos do povo, Erismar, Buinho e seus convocados para a batalha que pede pelos ajustes das contas do Município de São José do Jacuípe, a cidade que tem na simplicidade de seu povo a esperança de dias melhores.


Texto e fotos: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

MATÉRIAS EM VÍDEOS REPORTERBAHIA.COM

Ministro nega cortes em universidades e diz que educação básica é prioridade O ministro da Educação, Abraham Weintraub, negou a existência de cortes em recursos das universidades, disse que o foco do governo Bolsonaro está nas creches e no ensino básico e entrou em embates com parlamentares da oposição. Ele foi convocado a falar no Plenário da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (15) para a explicar os contingenciamentos orçamentários nas universidades. A sessão coincidiu com protestos, ocorridos em todos os estados e no Distrito Federal, contrários à diminuição de verbas na educação. Weintraub explicou que o ministério está cumprindo determinações orçamentárias ao contingenciar os recursos. Afirmou ainda que o orçamento da pasta pode ser reforçado por eventuais montantes repatriados de desvios na Petrobras. “Estamos cumprindo a lei. O ministro da Economia, Paulo Guedes, que esteve aqui várias vezes, já explicou que somos obrigados pela Lei de Responsabilidade Fiscal a contingenciar toda vez que a receita não corresponde ao que foi orçado, no ano anterior, pelo Congresso Nacional”, declarou o ministro. Reportagem - Carol Siqueira e Eduardo Piovesan Edição - Marcelo Oliveira/Vídeo: Câmara dos Deputados. Política de Prevenção da Automutilação e Suicídio aguarda sanção presidencial A proposta (PL 1902/2019) que cria a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio foi aprovada pelo Congresso Nacional em 3 de abril. Projeto prevê a notificação obrigatória por escolas, por exemplo, de todos os casos às autoridades sanitárias e aos conselhos tutelares. Se promulgada sem alterações, a proposta será colocada em prática pela União em cooperação com os estados, o Distrito Federal e os municípios. Veja mais na reportagem da TV Senado. Fonte: Agência Senado/Vídeo: TV Senado. Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência - Versão completa em Libras Libras é a sigla para a língua brasileira de sinais, composta de um extenso e complexo repertório de gestos. Em 2002, a Lei 10.436 deu à Libras o status de meio legal de comunicação e expressão. Desde então, escolas, faculdades, repartições do governo e empresas concessionárias de serviços públicos estão obrigadas a providenciar intérpretes para atender aos surdos. A lei faz aniversário em 24 de abril, Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais. Ricardo Westin, da Agência Senado Colaborou: Ana Luísa Araújo Publicado em 25/4/2019 TV Senado - Publicado em 20 de mar de 2019. Senado pode banir sacolas plásticas, canudos e microplástico Alguns estados já proibiram a oferta e uso de objetos plásticos, como sacolas e canudos, mas o Senado estuda aprovar uma lei federal impedindo a fabricação de materiais feitos à base de microplástico — muito usado também pelas indústrias de cosméticos e higiene pessoal. Esse é o conteúdo do PLS 263/2018, que teve origem em uma sugestão legislativa de um cidadão apresentada por meio do Portal e-Cidadania. TV Senado - Publicado em 30 de abril de 2019.

Matéria Especial RepórterBahia.Com

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais atualizou para 169 o número de mortes em decorrência do rompimento de uma barragem da mineradora Vale em Brumadinho. Mais cedo, a corporação informou que dois corpos foram retirados da lama de rejeitos nos últimos dois dias. Fragmentos de corpos também foram localizados pelas equipes nas últimas horas.

Fonte: Agência Brasil.

www.deolhonoradio.com.br (clique na foto)

Repórter Bahia, a notícia com responsabilidade!

Nessa nova fase vamos nos dedicar ainda mais e da melhor forma possível somar na sua vida com informações de todas as áreas da vida, mas pautada na ética, na verdade, no compromisso com Deus, com a vida e com as pessoas.

A todos que nos acompanham através do rádio e da internet mais uma vez o nosso muito obrigado pela amizade e confiança, obrigado por tudo e que nessa nova fase da nossa vida profissional possamos nos aproximar ainda mais e juntos construirmos um jornalismo forte, independente, um jornalismo pra fazer a diferença.

REPÓRTER BAHIA.COM, a nova marca do jornalismo da nossa Bahia, está no ar. Sejam todos bem vindos!

O que aconteceu com o Blog do Arnaldo Silva?

Gostaria de informar ainda que estamos através de Valter Oliveira que é o nosso grande parceiro administrativamente trabalhando para restaurar o blog que será utilizado nessa nova fase do nosso trabalho como link de acesso a nova marca do jornalismo da Bahia, REPÓRTERBAHIA, no ar desde essa quarta-feira, 21 de Dezembro de 2016.
Entendo que mudanças como essas vão precisar de tempo para alcançar o mesmo patamar de acessos e assiduidade dos nossos leitores, mas não estamos sozinhos, temos Deus nos comando e a parceria de muitos amigos e leitores conquistados nesses sete anos de blog, nesses sete anos de muito trabalho e dedicação ao jornalismo, a nossa grande paixão na comunicação.


http://www.seo.mavi1.org http://www.mavi1.org http://www.siyamiozkan.com.tr http://www.mavideniz1.org http://www.mavideniz.gen.tr http://www.17search17.com http://www.siyamiozkan.com http://www.vergi.gen.tr http://www.prsorgu.org http://www.seoisko.net http://www.seoisko.org http://www.ukashhizmet.com http://www.ukashmavi.com http://www.sirabulucu.net http://www.kanuntr.com http://www.kanuntr.org http://www.kanuntr.net http://www.kananlartr.com http://www.kananlartr.org http://www.kananlartr.net http://www.haberbul.org http://www.iskoseo.com http://www.iskoseo.net http://www.iskoseo.org http://www.siyamiozkan.net