Tools

You are here: Home » NOTÍCIAS » CAPIM GROSSO » Duas categorias se unem em Capim Grosso contra a Reforma da Previdência
Segunda, 22 Out 2018

Duas categorias se unem em Capim Grosso contra a Reforma da Previdência


Aconteceu nessa terça-feira, 05 de dezembro, nas dependências da Câmara Municipal de Vereadores, manifestação de representantes do ACS – Agentes Comunitários de Saúde e da APLB Sindicato, Núcleo Capim Grosso, tendo como principal objetivo combater a Reforma da Previdência, que depois de encontrar muita resistência da sociedade, bem como a falta de apoio das Câmara dos Deputados, o governo virou mexeu, viu que não dava, acabou recuando apresentando uma nova proposta.

A nova versão da reforma da Previdência apresentada pelo governo na quarta-feira, 22 de novembro é mais enxuta que a proposta anterior, estabelece um tempo mínimo de contribuição 10 anos menor para trabalhadores do INSS em relação aos servidores públicos e poupa todos os trabalhadores rurais.

Principais mudanças

O governo cedeu em vários itens em relação a sua proposta inicial, reduzindo a reforma a quatro pontos principais:

Idade mínima de aposentadoria, com a regra de transição até 2042; 62 anos para mulheres e 65 para homens (INSS e servidores); 60 para professores de ambos os sexos; 55 anos para policiais e trabalhadores em condições prejudiciais à saúde;

Tempo mínimo de contribuição de 15 anos para segurados do INSS e de 25 anos para servidores públicos;

Novo cálculo do valor da aposentadoria, começando de 60% para 15 anos de contribuição até 100% para 40 anos;

Receitas previdenciárias deixam de ser submetidas à DRU (Desvinculação

Para o Agente Comunitário de Saúde e Assessor do Deputado Federal Jorge Solla, Roberto, da cidade de Itaberaba, a nova proposta implica em poucas mudanças que venham favorecer de fato a população brasileira. “A reforma praticamente tira o direito de aposentadoria de milhões de brasileiros e brasileiras, sobretudo os mais pobres e as mulheres”, frisou Roberto.

Além do debate em torno da Reforma da Previdência, um debate promovido pela professora Magna, professor Edivan, Raquel, Maria de Fátima, a popular Fezinha, representando a APLB, juntamente como outros participantes da diretoria da APLB, Núcleo Capim Grosso, professores, agentes comunitários de saúde, discutiram pendências existentes na vida das categorias, tais como: diferenças do 13º salário, com situações sendo transformadas em ações judiciais, o não depósito ainda do salário, mas que segundo o coordenador da APLB Sindicato foi por falta de recursos do Governo Federal, com situação já explicada pela administração através da Secretaria de Educação, na pessoa de Ed. Carlos, com citação ainda para o contracheque mediante pedido da professora Maria de Fátima, que pediu a categoria para não emprestar seus dados para pagamentos extras por parte da gestão, o que poderá acarretar em problemas para o professor em caso de auditoria por parte do TCM, bem como outros pontos que marcaram o encontro.

Quanto aos ACS – Agentes Comunitários de Saúde – Amarli, que é presidente do Sindicato da Categoria, falou sobre pendências que vêm sem cobradas há três anos, as quais envolvem mais o Governo Federal. Quanto a gestão municipal, a mesma disse que o pagamento da categoria vem sendo correspondido ao longo do primeiro ano de mandato da prefeita Lydia Pinheiro, PSD.

O encontro em forma de protesto registrou ainda a participação do advogado Lucas Willian, da cidade de Riachão do Jacuípe e da Coordenadora da APLB Sindicato, delegacia do Jacuípe, falando sobre Precatório do Fundef. Para Dr. Lucas o processo de Capim Grosso é diferente do processo de Caém, Caldeirão Grande, Itíuba e de qualquer outra cidade, por isso a importância da categoria estar unida e bem informada a respeito de todo o processo para quando o dinheiro chegar já está tudo certo com a gestão de que forma será o rateio. “Se ficarem brigando em busca de interesses pessoais, a gestão vai passar pelo meio da categoria com o dinheiro na mão e vai usar da forma que lhe apraz e a categoria vai ficar a ver navios”, colocou o advogado. E disse mais: “É preciso formar uma comissão de conciliação o que vai somar muito na construção de todo o processo em relação aos direitos da categoria, com diálogo com a gestão e com a própria categoria”, complementou o advogado, que teve suas palavras endossadas pela Coordenadora da APLB Sindicato da cidade de Riachão do Jacuípe.

Para o professor Djair, Coordenador da APLB Sindicato, um encontro muito proveitoso e que ajudará muito as duas categorias a conquistarem a cada dia seus direitos”.

As explanações sobre a Reforma da Previdência através de Roberto, da cidade de Itaberaba, bem como o debate das categorias e o balanço feito pelo  advogado Dr. Lucas Willian, a respeito do Precatório do Fundef e da Coordenadora da APLB Sindicato de Riachão do Jacuípe, foram transformados em notícia nessa terça-feira, 05 de dezembro, no Jornal Transamérica 2ª edição, sempre tratando de assuntos do seu interesse.


Texto: Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA – Fotos: Arnaldo Silva, Ninha professora e Juliana, filha da professora Jaciara.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

MATÉRIAS EM VÍDEOS REPORTERBAHIA.COM

Vídeos: Justiça Eleitoral, com reprodução do TSE - Tribunal Superior Eleitoral.

Bandeira de Capim Grosso

Matéria Especial RepórterBahia.Com

Justiça Eleitoral será 'irredutível' na aplicação da Ficha Limpa, diz Fux ao assumir TSE

O novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, afirmou nesta terça-feira (6) que a Justiça Eleitoral será "irredutível" com a aplicação da Lei da Ficha Limpa no pleito deste ano.

Um dos principais defensores da aplicação rígida da lei, Fux deu a declaração durante a cerimônia de posse, em Brasília.

"A estrita observância da Lei da Ficha Limpa se apresenta como pilar fundante da atuação do TSE. A Justiça Eleitoral, como mediadora do processo sadio, será irredutível na aplicação da Ficha Limpa", disse o ministro, acrescentando que quem for "ficha suja" estará "fora do jogo democrático".

Clique na foto e confira matéria completa.

Repórter Bahia, a notícia com responsabilidade!

Nessa nova fase vamos nos dedicar ainda mais e da melhor forma possível somar na sua vida com informações de todas as áreas da vida, mas pautada na ética, na verdade, no compromisso com Deus, com a vida e com as pessoas.

A todos que nos acompanham através do rádio e da internet mais uma vez o nosso muito obrigado pela amizade e confiança, obrigado por tudo e que nessa nova fase da nossa vida profissional possamos nos aproximar ainda mais e juntos construirmos um jornalismo forte, independente, um jornalismo pra fazer a diferença.

REPÓRTER BAHIA.COM, a nova marca do jornalismo da nossa Bahia, está no ar. Sejam todos bem vindos!

O que aconteceu com o Blog do Arnaldo Silva?

Gostaria de informar ainda que estamos através de Valter Oliveira que é o nosso grande parceiro administrativamente trabalhando para restaurar o blog que será utilizado nessa nova fase do nosso trabalho como link de acesso a nova marca do jornalismo da Bahia, REPÓRTERBAHIA, no ar desde essa quarta-feira, 21 de Dezembro de 2016.
Entendo que mudanças como essas vão precisar de tempo para alcançar o mesmo patamar de acessos e assiduidade dos nossos leitores, mas não estamos sozinhos, temos Deus nos comando e a parceria de muitos amigos e leitores conquistados nesses sete anos de blog, nesses sete anos de muito trabalho e dedicação ao jornalismo, a nossa grande paixão na comunicação.

http://www.seo.mavi1.org http://www.mavi1.org http://www.siyamiozkan.com.tr http://www.mavideniz1.org http://www.mavideniz.gen.tr http://www.17search17.com http://www.siyamiozkan.com http://www.vergi.gen.tr http://www.prsorgu.org http://www.seoisko.net http://www.seoisko.org http://www.ukashhizmet.com http://www.ukashmavi.com http://www.sirabulucu.net http://www.kanuntr.com http://www.kanuntr.org http://www.kanuntr.net http://www.kananlartr.com http://www.kananlartr.org http://www.kananlartr.net http://www.haberbul.org http://www.iskoseo.com http://www.iskoseo.net http://www.iskoseo.org http://www.siyamiozkan.net